Receba promoções diretamente em seu e-mail.

Vinhos

Clique para ampliar

Champagne Brut Francesa Moët & Chandon Impérial Garrafa 750 mL

 

Envie por email Avalie esse produto


Composição da Avaliação

[x]

Código: 15353

França

FINALIZAR COMPRA

 

  • Capacidade: 750mL
  • Doçura: Brut
  • Especificidades Alimentares: Sem Glúten
  • Indicação de Procedência: A.O.C.
  • Marca: Moët & Chandon
  • País de Origem: França
  • Região: Champagne
  • Sub região: Epernay
  • Tema: Natal
  • Temperatura de Serviço Sugerida: 7 a 9°C
  • Teor Alcoólico: 12% vol.
  • Tipo de Embalagem: Garrafa
  • Tipo de Vinho: Branco
  • Vinícola: Möet & Chandon
Detalhes:
  • Deise Novakoski: Um fantástico Champagne Brut, esta é uma das mais prestigiadas cuvées da região, sendo o champagne oficial da rainha Elizabeth II. Pertence a LVMH (Louis-Vuitton-Moët-Hennessy) que vem a ser o maior grupo de artigos de luxo do mundo. Este é o champagne que todo mundo já ouviu falar. E fãs de eventos esportivos já viram seu conteúdo sendo aspergido pelos vencedores. Este brut prima pela finesse, elegância e complexidade, sendo elaborado apenas com uvas de vinhedos entre os mais bem classificados de Champagne.Excelente como aperitivo, a ótima estrutura deste Champagne o torna ótimo também para acompanhar canapés e sanduiches à base de salmão. Temperatura ideal de consumo: entre 4°C e 6°C. *Champagne - na França, a lei determina que para ser chamado de champagne o vinho espumante deve ser produzido dentro dos limites geográficos da província que tem o mesmo nome e sob os regulamentos rigorosos da Appellation Contrôlée, que só aceita a utilização de um único método na fabricação da bebida – o Méthode Champenoise. Todos os vinhos espumantes fabricados em outras regiões da França, mesmo que usem as mesmas uvas e o mesmo método de fabricação, não podem ser chamados de champagne. São apenas vins mousseux – ou, em bom português, vinhos espumantes. Para manter viva a lenda que cerca a bebida preferida para ocasiões especiais, os vinicultores cumprem à risca os rigorosos padrões de fabricação comprovadamente eficientes e mantêm a produção limitada, o que reforça a imagem de vinho de luxo. As castas predominantes na fabricação do champagne são: chardonnay, pinot noir e pinot meunier. Basicamente, o que diferencia o champagne e os vinhos espumantes dos vinhos brancos tranqüilos são as minúsculas bolhas (perlage) que garantem o efeito da efervescência. As bolhas são o dióxido de carbono conservado na garrafa depois de uma segunda fermentação do açúcar residual por levedura viva remanescente da fermentação original.

Imagens meramente ilustrativas. Informações fornecidas pelo fabricante.

fechar zoom

Champagne Brut Francesa Moët & Chandon Impérial Garrafa 750 mL